Comunidades quilombolas de Mirandiba, no Sertão, receberão ajuda do Fundo Malala

Hits: 0

As 15 comunidades quilombolas de Mirandiba, no Sertão pernambucano, receberão ajuda do Fundo Malala para manter as meninas nas escolas. A organização criada pela paquistanesa Malala Yousafzai, que ganhou notoriedade ao receber Nobel da Paz com 17 anos, dará aporte financeiro para garantir, entre outras coisas, o transporte escolar das mirandibenses negras, em parceria com a Prefeitura. Em conversas com a Comissão Estadual de Articulação das Comunidades Quilombolas de Pernambuco, o Fundo escolheu Mirandiba para ajudar, considerando a grande quantidade de comunidades quilombolas no município. Através do Projeto Educação Escolar de Meninas Quilombolas, a grade curricular das escolas locais será alterada para contemplar as diretrizes de reconhecimento da cultura, história e costumes das populações remanescentes de escravos. A iniciativa conta com envolvimento do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF), Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da rede de educadores Gulmakai. O objetivo é assegurar o direito de todas as meninas negras à educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *