22 de maio de 2022

Brasil registra 28 infrações a cada hora por uso de celular no trânsito

Foto: Beto Novaes/EM/D.A Press

Hits: 3

Todos os dias, 675 brasileiros utilizam o celular enquanto dirigem. A cada hora, 28 condutores negligenciam a atenção ao volante. A média foi calculada com base no levantamento da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), que apontou o número de 250 mil motoristas flagrados com o aparelho nas mãos no trânsito em 2021.
São Paulo acumula o maior número de infrações desse tipo: 91.362. Em segundo lugar está Minas Gerais, com 30.843 ocorrências.
“Os números refletem parte de um problema que deve ser enfrentado por todos. Possivelmente o número de pessoas que utilizam o celular na direção é muito maior, o que nos leva a reforçar a necessidade de maior conscientização e engajamento da sociedade para que possamos reduzir os sinistros e preservar vidas no trânsito”, afirmou o presidente da Abramet, Antonio Meira Júnior.
As estatísticas da campanha Toque pela Vida, elaborada no movimento ‘Maio Amarelo', buscam conscientizar a sociedade sobre a responsabilidade de cada cidadão na construção de uma mobilidade saudável e segura.
Além do risco à vida, o uso do celular ao volante é uma infração gravíssima. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aquele que for flagrado pelas autoridades de trânsito segurando ou manuseando o celular enquanto dirige terá que desembolsar R$ 243,47 em multa, além da adição de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.
“Celular e direção não combinam de jeito nenhum e esses sinistros podem, e devem, ser evitados”, frisou o diretor científico da Abramet, Dr. Flávio Emir Adura, líder do grupo de especialistas que estudou o assunto.
“É preciso maior conscientização do condutor sobre isso, ter clareza de que ao usar o telefone enquanto dirige está colocando sua vida e dos demais usuários do trânsito em alto risco”, concluiu.
 

Por: Leonardo Godim - Estado de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.