Grupo AstraZeneca lucra US$ 1,56 bilhão no primeiro trimestre

Hits: 0

O grupo farmacêutico anglo-sueco AstraZeneca anunciou nesta sexta-feira que dobrou o lucro líquido em ritmo anual no primeiro trimestre de 2021 e revelou que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US$ 275 milhões. A empresa voltou a defender sua vacina, apesar dos atrasos e das dúvidas provocadas pelo fármaco. O laboratório, que revela pela primeira vez seu faturamento pela vacina, registrou lucro líquido de US$ 1,56 bilhão nos primeiros três meses do ano, comparado com US$ 780 milhões em igual período do ano passado, segundo um comunicado. Mas as vendas da vacina representaram apenas 4% de seu volume de negócios, que aumentou 15%, a US$ 7,3 bilhões. A AstraZeneca não explicou se os US$ 275 milhões correspondem apenas ao primeiro trimestre ou se representam o valor total de vendas desde o lançamento de sua vacina. Desenvolvida em colaboração com cientistas da Universidade de Oxford, a vacina do grupo é uma das mais baratas do mercado. A AstraZeneca se comprometeu a vendê-la a preço de custo, por isto não registra lucro ou perdas. A americana Pfizer, com uma vacina quase cinco vezes mais cara, calcula que as vendas de seu fármaco anticovid representarão US$ 15 bilhões em 2021. “Estamos desempenhando um papel importante na luta mundial contra a pandemia”, afirmou o CEO da AstraZeneca, Pascal Soriot, que defendeu a eficácia de sua vacina. “Vemos sinais de que está reduzindo as transmissões”, declarou, ao citar dados recentes no Reino Unido. A Astrazeneca enfrenta fogo cerrado da União Europeia por causa de atrasos na entrega de vacinas. Segundo Soriot,  a farmacêutica que comanda não prometeu mais suprimentos do que devia. A Comissão Europeia entrou com um processo contra a empresa, alegando que esta não respeitou o contrato nem tem um plano “confiável” para garantir remessas de vacinas contra coronavírus em um prazo oportuno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *