17 de agosto de 2022

Mastigar de boca aberta é a maneira correta de comer, diz estudo

crédito: Reprodução/Freepik

As regras de etiqueta quando à mesa durante alguma refeição podem estar enganadas sobre a maneira certa de se comer. Para um cientista da Universidade de Oxford, no Reino Unido, comer com a boca fechada é a maneira incorreta de se alimentar. Segundo Charles Spence, que é chefe do laboratório de Pesquisa Crossmodal da Universidade, comer de boca aberta maximiza os sabores e garante o máximo de prazer possível. Ele explica que o método ajuda a liberar uma quantidade maior de compostos orgânicos voláteis nos alimentos garantindo uma experiência olfativa e gustativa melhor. Ele concorda que a prática de mastigar com a boca aberta é repreendida pela sociedade e que os pais instruem crianças desde cedo para não fazê-la, no entanto, Spence acredita que todos deveriam abandonar a etiqueta e ter uma melhor experiência na hora de comer. O método de deixar o ar entrar pela boca enquanto comemos e bebemos já é utilizado na degustação de vinhos e cervejas, por exemplo. Além disso, de acordo com Spence os barulhos produzidos por nossas bocas quando mastigamos de boca aberta é "prazeroso". "Quando se trata de som, gostamos de alimentos barulhentos e crocantes. Batatas fritas e maçãs são classificadas como mais agradáveis quando o som da trituração é amplificado", explicou em entrevista para o jornal The Telegraph. "Para ouvir melhor o crocante de uma maçã, uma batata frita, um palito de cenoura, um biscoito, um pão crocante ou um punhado de pipoca, devemos sempre abandonar nossas maneiras e mastigar com a boca aberta", ressaltou ele. Outra prática que pode garantir uma melhor experiência ao comer é fazer refeições sem os talheres. Spence garante que sentir os alimentos com as mãos aumenta a experiência gastronômica. "Nosso senso de toque também é vital em nossa percepção da comida no paladar", pontuou também.  

Por: Camilla Germano - Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.