17 de agosto de 2022

Pernambuco pagará R$ 350 milhões em bônus a 30 mil professores

Os professores da rede pública de Pernambuco serão contemplados, em setembro, com o pagamento do Valoriza Educação – bônus disponibilizado aos educadores com recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No total, serão pagos R$ 350 milhões a 30 mil docentes já no dia 10 do próximo mês. O anúncio foi feito ontem, no evento “Educação em Ação”, organizado pelo Governo do Estado e promovido pela Secretaria de Educação e Esportes (SEE) no Centro de Convenções (Cecon). Antes dos bônus, os professores contratados em caráter temporário receberam os primeiros notebooks. Para os efetivos, analistas e assistentes em gestão educacional, já foram disponibilizados mais de 18 mil computadores, chegando a um investimento de aproximadamente R$ 100 milhões. No evento, foi divulgado ainda o reajuste no auxílio financeiro para estudantes de universidades públicas. O valor subiu para R$ 1.240 e R$ 620 no primeiro e segundo ano de graduação, respectivamente. As inscrições para o preenchimento de mais mil vagas do programa foi iniciada ontem. “Nós trilhamos um caminho virtuoso e que fará a diferença nas futuras gerações. Acredito que, por meio da educação, temos a oportunidade de mudar nosso Estado, o Nordeste e o Brasil”, afirmou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que esteve no Cecon, acompanhado dos secretários estaduais Marcelo Barros (Educação e Esportes) e Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão). Ganhe o Mundo – O “Educação em Ação” também teve como destaque o programa “Ganhe o Mundo”. Durante seis semanas, 130 professores viajarão para um dos seis países parceiros do projeto – Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Argentina, Chile e Espanha -, assim como 96 estudantes, selecionados para o intercâmbio em 2020, mas que não puderam participar por conta da pandemia da Covid-19. Anúncio do Fundef – O Governo também anunciou o pagamento do precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) aos profissionais do magistério da educação básica (estatutários, temporários e celetistas) que atuaram na Rede Estadual de Educação entre 1997 e 2006. O valor recebido por Pernambuco é de R$ 4,3 bilhões, e 40% deste total (R$ 1,7 bilhão) será pago este ano. A partir de 8 de agosto será disponibilizado um sistema por meio do qual os beneficiários do precatório do Fundef poderão checar os valores a receber. Ao todo, 62.500 vínculos serão contemplados com o rateio. Deste total, 52 mil são servidores, sendo 35 mil com vínculo ativo com o Estado e 17 mil sem vínculo ativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.